Site desenvolvido por Lacir José dos Reis. Desculpe mais a radio ainda não está em funcionamento. Ainda estamos trabalhando para isso.
 

Objetivos desse site A intenção deste site de presente momento é de levar o entretenimento através da musica, e também a conhecimento de todos, a necessidade de se implantar um novo ministério em todas as igrejas que deve ser direcionado a cura das almas das pessoas. Haja vista que todas as igrejas têm pregado o perdão mais nem toda tem proporcionado condições para que isso aconteça de forma que o perdão venha realmente fluir. Não quero aqui bater de frente com nem um líder religioso, apenas tornar do conhecimento de todos possíveis dessa grande necessidade. Tenho notado um grande numero de pessoas que tem alcançado a cura através das ministrações dos encontros e em trabalhos de libertação. Mais também existem aqueles que requerem um tratamento mais apropriado dado ao motivo de que muitos tem dificuldade em perdoar verdadeiramente aqueles que lhes tem magoado e existem casos em que requer um acompanhamento profissional. As feridas da alma
Vivemos dias em que homens e mulheres de todas as idades e condições sociais experimentam o efeito e a dor das feridas emocionais, também chamadas de “feridas da alma”. Não são poucas as pessoas que recorrem aos “especialistas da alma”, e que tentam através de seus próprios métodos curarem ou ao menos amenizar as dores de tantas outras pessoas. A grande dificuldade do homem pós-moderno não se refere à economia, à política, ao ajuste social, mas à dor que reside em seu interior. As feridas da alma que incomodam o homem atual surgem por questões externas. Ambientes diversos como o familiar, social, profissional, e até mesmo eclesiástico, ou seja, os lugares onde as pessoas se relacionam (e provavelmente se ofendem e são ofendidas) podem levar à traumas. As pessoas são vitimadas por estados depressivos, e como conseqüência disso, as feridas se forma. Tais feridas sangram por dentro. Provocam uma “hemorragia” que afeta o interior – o mais profundo do ser. Como resultado, surgem dores que inicialmente parecem não possuir alivio, demonstrando-se incuráveis, dando uma falsa impressão de que Deus está muito longe. Muitas vezes, a primeira reação é encontrar os culpados. Se há dor, se há feridas, existem culpados. No entanto, a alma machucada não deseja voltar atrás para a reconstrução daquilo que lhe fez mal. Os feridos desejam avistar o que vem à frente, o que há de esperança para o alivio das dores. A espiritualidade, a auto-ajuda e outras vertentes têm sido tema do homem que deseja curar-se. O termo é este mesmo: “curar-se” – da mesma forma, como aquele peregrino solitário, que se ferindo ao longo do caminho, busca recursos em volta de si para amenizar sua própria dor. É até possível que sua ferida cicatrize, mas em um momento ou outro pode infeccionar. As dores da alma são curadas por Aquele que é capaz de penetrar na alma. Podemos avistar como num quadro, a alma gritando em direção Àquele que é o único que pode e consegue ouvi-la. No final da história, percebemos que por Deus somos socorridos, curados, consolados, e acalentados. O primeiro a dar exemplo ao bom samaritano é o próprio Deus. O primeiro a chorar pela dor, angustia, e sofrimento do homem é o próprio Deus. E é Ele o criador, e retentor absoluto da cura. Imagine a seguinte ilustração. Um homem estando em uma calçada, numa rua escura. Tendo uma aparência horrenda, vivendo em meio ao desprezo, sozinho, condenado a morte por não ter quem o socorra. Diante da conseqüência de seu pecado, sem esperança, sem vida, sem ao menos saber o que lhe ocorrerá. O EU SOU na figura do Pai, Filho e Espírito passa ao lado desse miserável homem. Os Três se olham, cochicham, e vão diante daquele homem, sustentando-o e levando-o para casa. A partir daquele momento, dão-lhe um banho, cortam seu cabelo, limpam suas feridas, fazem-no curativos, ensinam-lhe a verdade, a justiça e o amor. Daquele dia em diante, o homem nunca mais se sente só. O “EU SOU” te adota e te convida para morar com Ele. De agora em diante, toda e qualquer ferida acompanhada de dor, que você vier a ter, será tratada pelo EU SOU. “EU SOU Aquele que reconhece a vossa dor, pois o Cristo foi ferido. EU SOU aquele que cuida de vós, pois Sou o Bom Pastor; que trata de vossa alma, pois Eu vivo triunfantemente em vós; EU sou o alimento verdadeiro e sacio tua sede, pois Sou o Pão e água da Vida” As dores e feridas de nossa alma, que são expressas em pranto, são transformadas em alegria, em dança. Porque diante do Deus Eterno as feridas da alma se dissolvem, elas desaparecem. Diante do Poder e significado da cruz de Cristo, o sofrimento se desfaz. E cada vez que trazemos à memória nossas feridas, também traremos as marcas da cura, pois desta, nunca mais esqueceremos.

Bem vindos a Radio Adoradores. Um espaço para quem gosta de estar em sintonia com a palavra de Deus.

Anuncie aqui. Entre em contato pelo hotmail: impacktus@hotmail.com
Mural de recado 2
Mural de recado 3
Today, there have been 1 visitantes (1 clics a subpáginas) visitaram esse site
=> ¿Desea una página web gratis? Pues, haz clic aquí! <=
Adorai ao Senhor dos Exercitos.